Bem-vindo ao site da APÓS-FURNAS

Bem-vindo ao site da APÓS-FURNAS

A doença dos Planos de Saúde

Inacreditável ! O Plames Executivo ficou mais barato que o Básico

Em maio, tomamos conhecimento da tabela de reajuste do PLAMES para 2022. Apesar de todas as explicações e justificativas técnicas divulgadas pela FRG, os aumentos caíram como uma bomba em cima dos assistidos, tornando o que já estava difícil em uma enorme aflição.

Mesmo entendendo o momento econômico difícil que estamos passando, e reconhecendo as tentativas da FRG de criar alternativas de sobrevida ao PLAMES, os altos valores das mensalidades vão acabar inviabilizando a permanência de muitos de seus participantes.

As dificuldades oriundas da inflação médica, número reduzido de participantes e média de idade avançada, são agravadas por decisões políticas e econômicas desastradas do Governo, que acabam impactando nos planos de saúde, tirando qualquer possibilidade de mantê-los sustentáveis.

Há cerca de 10 anos, publicamos neste informativo (O ELO nº 148/12 e nº 153/13) dois editoriais manifestando nossa preocupação com o futuro do PLAMES e cobrando, inclusive, a implantação de uma nova concepção de plano de saúde, mais adequado e acessível aos assistidos.

Na época, a APÓS-FURNAS participou junto com outras associações de aposentados do sistema Eletrobrás – APEL, AAPE, APOSEN e APOSCHESF – da tentativa de implantação do projeto AMAP – Apoio Médico aos Aposentados e Pensionistas das Empresas do Sistema Eletrobrás, que unificaria os sistemas de saúde dos assistidos destas empresas. Infelizmente o projeto não foi adiante, a despeito de todos os esforços deste grupo.

Reiteramos que é imprescindível a reconstrução do modelo de planos de saúde da Real Grandeza.

Para dar certo, é preciso uma ampla discussão da FRG com seus assistidos, através das entidades representativas, como a APÓS-FURNAS, ASEF, Sindicatos e CAEFE. Precisamos fazer um diagnóstico acurado das reais condições dos planos e construir soluções através de um diálogo contínuo, honesto e transparente.

Caso contrário, o PLAMES correrá o sério risco de desaparecer num prazo menor do que imaginam seus participantes.

Esta Gostando do Conteúdo? Compartilhe Nas Redes Sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
]
Posso ajudar?